Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2014

A ordem do caos

Quando me vejo em situações como ocorrera no aeroporto em uma de minhas viagens me lembro da frase de Platão que diz: "Não é permitido irritar-nos com a verdade".
Oque aconteceu no aeroporto? Você está se perguntando. Melhor, Você está "me" perguntando.
É sabido de todos os que possuem parkinson, acredito que não sou unanimidade, de que quando estamos ansiosos ou ficamos timidos ou estamos com vergonha de algo, o tremor e a falta de coordenação aparecem subtamente. Os remédios podem estar em dia, voce pode estar super tranquilo e relaxado e todos os sintomas inexistentes, mas basta apenas uma situação constrangedora para tudo vir a tona, pelo menos no meu caso.
Confesso que ainda estou aprendendo a lidar com essas situações, a controlar a minha timidez. A não ficar ansioso quando acho que tem alguém me observando.
Alguém me observando... Essa é uma questão muito peculiar. Sempre quando um tremor acontece ou uma lentidão e falta de coordenação é perceptível fico ob…

Aos vencedores, os despojos!!!

Tenho um colega que sempre reclama comigo de como o serviço publico no "Brasil" é ruim. Sempre falando de suas filas enormes e na burocracia para conseguir os medicamentos. E sempre relembrando que outros países são melhores e mais humanos do que o nosso.
Ouço atentamente todas as suas observações e reclamações. As vezes acho que ele me vê como ouvidoria da presidência da república ou do Ministério da Saúde.
Em nosso último contato comecei a questioná-lo: - Meu amigo, você teve algum problema em pegar os seus remédios? Teve algum que você não conseguiu? - Não Rui, todos eu consegui. - Então não existe motivos para reclamar dos medicamentos, comentei. E outra a burocracia se faz necessária. Se pensar um pouco vai verificar que é preciso comprovar pro governo que voce precisa, pois podem existir várias fraudes.
Essa situação é parecida quando ligamos no 0800 do nosso banco e o atendente nos pede para confirmar várias informações pessoais desde CPF, endereço até o nome do bich…